quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Seus pais consumiam mais iodo há 10 anos atras do que você hoje

Ola Pessoal, tudo bom?

Vamos falar hoje sobre a Grande Deficiência Mundial de Iodo na nossa alimentação e isso não sou que digo e sim a maioria dos médicos e nutricionistas. Na internet está cheio de pessoas falando sobre este assunto, nos blogs, nas entrevistas no Youtube, etc. Portanto é um assunto que você deve dar atenção pois a maioria dos nossos órgãos utiliza o iodo para sintetização de algum componente essencial para o funcionamento do nosso corpo.
Coloquei abaixo parte do artigo de Sally Fallon Morell presidente de uma organização não governamental dedicada a educação nutricional e alimentação.

"O iodo é fundamental para a saúde humana. Ele é a base dos hormônios da tireoide e desempenha muitas outras funções na bioquímica humana. Embora a glândula tireoide contenha a maior concentração do corpo de iodo, as glândulas salivares, o cérebro, o líquor, a mucosa gástrica, as mamas, os ovários e uma parte do olho também concentram o iodo. No cérebro, o iodo é encontrado no plexo coroide, a área dos ventrículos do cérebro onde o líquido cefalorraquidiano (LCR) é produzido, e na substantia nigra, uma área associada à doença de Parkinson.
...Trinta anos atrás, quando o consumo de iodo foi o dobro do que é agora (480 mcg por dia), uma em cada vinte mulheres desenvolveram câncer de mama. Trinta anos atrás, o consumo de sal iodado foi ainda maior do que é hoje, além do que uma forma de iodo era utilizada como um condicionador de massa na fabricação de pão, e cada fatia de pão continha 0,14 mg de iodo. Em 1980, os fabricantes de pão começaram a usar o brometo como condicionador no lugar do iodo, que compete com o próprio iodo na absorção pela glândula tireóide e de outros tecidos do corpo. O iodo também foi mais amplamente utilizado na indústria de laticínios como um asséptico das tetas 30 anos em relação ao que é agora. Segundo este argumento, 15 por cento dos adultos do sexo feminino da população dos EUA sofre de moderada a severa deficiência de iodo..."

Você pode observar que não é um assunto para deixar de lado. Para o seu proprio bem e o bem de todos que estão proximos a você, seus filhos e filhas e seus familiares. 
Mas o que dizer do nosso pobre solo que está praticamente sem iodo, hoje em dia a produção de vegetais, legumes etc fica prejudicada, eles contem menos iodo que antigamente. Seus pais consumiam mais iodo há 10 anos atrás do que você hoje.
Como você pode ver o sal que é iodado também não é suficiente.

Por isso é necessário consumir alimentos ricos em iodo. Frutos do mar em geral. Geralmente o côco e derivados do côco tem iodo devido a proximidade com o mar.

Pense nisto.

Um beijo

Suzy



 


Postar um comentário