quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Meu blog

Ah que bom poder falar para o mundo o que penso e o que sinto, o que queria mesmo era cantar, emocionar e velejar. Estou livre leve solta no mundo pois consigo ser quem eu verdadeiramente sou. Joguei fora aquilo que não me servia, sentimentos, pensamentos e palavras ao vento e achei os pedaços da minha alma que estavam perdidos. Recuperei a criança que eu havia largado, peguei ela de volta e não entrego ela mais para ninguém. QUE BELO ESTRANHO DIA PARA SE TER ALEGRIA.
Postar um comentário